PROJETO NOVOS OLHARES SET/2020 2/3

MEMÓRIA DO INVISÍVEL: INTERPRETANDO TERRITORIALIDADES NEGRAS NA ZONA PORTUÁRIA DO RIO DE JANEIRO

Universidade Federal do Rio de Janeiro – Rio de Janeiro/RJ

A construção dessa pesquisa, embora represente o fechamento de um ciclo, foi o ponto de partida para pensar as relações étnico-raciais e o racismo na produção das nossas cidades, visibilizando também as narrativas e territorialidades negras grafadas no território.

Levantamento dos marcos das territorialidades negras na Pequena África, zona central e portuária da Cidade do Rio de Janeiro.

Quais histórias são contadas pelas ruas, museus, monumentos e memoriais?

Quais narrativas são invisibilizadas no espaço urbano?

Esses questionamentos deram início a pesquisa, mobilizada por duplo objetivo:

  • visibilizar as lutas e trajetórias da população negra na Pequena África, território consolidado na zona portuária do Rio de Janeiro no final do século XIX;
  • contribuir para o debate sobre racismo e relações étnico-raciais na arquitetura e no urbanismo, através da análise crítica dos projetos urbanos empreendidos na região ao longo do século XX. Para Abdias do Nascimento, aquele que não tem passado, não tem presente e não poderá ter futuro, portanto a investigação desses processos e o resgate da memória são fundamentais para pautar o direito à cidade.

Desse modo, através da cartografia, foram mapeados e analisados marcos das territorialidades negras, como terreiros de candomblé, casas de religiosos, zungus, cortiços, eventos e personalidades, a partir de jornais, crônicas e bibliografias históricas. Também foram espacializados os projetos urbanos implementados, evidenciando a correlação entre as políticas higienistas de remoção atreladas a modernização da cidade e o esfacelamento e a invisibilização dessa comunidade.

Compreendemos que o racismo presente nas práticas de planejamento urbano contribui para o projeto em curso de branqueamento do território.

Cartografia das Territorialidades Negras na Pequena África no Rio de Janeiro

 

Cronologia das intervenções urbanas empreendidas no território da Pequena África (Centro e Zona Portuária) ao longo do século XX.

Autora:

Stéfany dos Santos Silva

Orientação:

Glaucineide do Nascimento Coelho

Share Button